CNPE autoriza 5ª Rodada de Partilha e define conteúdo local para Oferta...

CNPE autoriza 5ª Rodada de Partilha e define conteúdo local para Oferta Permanente

235
COMPARTILHAR

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) publicou, nesta sexta-feira (11/5), duas resoluções que tratam de licitações de blocos para exploração e produção de petróleo, realizadas pela ANP em 2018.

A Resolução CNPE nº 4/2018 autoriza a realização da 5ª Rodada de Partilha pela ANP e define como estratégicas as áreas de Saturno e Titã, a serem ofertadas no leilão. O texto determina o percentual mínimo de excedente em óleo da União, o valor do bônus de assinatura (que, nas rodadas de partilha, é fixo) e os percentuais de conteúdo local mínimo obrigatório para cada área. Na 5ª Rodada, serão oferecidas as áreas de Saturno, Titã, Pau-Brasil e Sudoeste de Tartaruga Verde, nas Bacias de Santos e de Campos.

A norma atualiza ainda o calendário plurianual de rodadas e autoriza a ANP a detalhar os estudos dos prospectos de Aram, Sudeste de Lula, Sul e Sudoeste de Júpiter e Bumerangue, na Bacia de Santos, visando à realização da 6ª Rodada de Partilha, em 2019.

Já Resolução CNPE nº 2/2018 estabelece o conteúdo local mínimo obrigatório a ser exigido nas áreas da Oferta Permanente. Segundo o texto, os compromissos de conteúdo local serão definidos em cláusulas específicas do contrato e não serão adotados como critério de julgamento das ofertas na licitação. Para as áreas terrestres contendo acumulações marginais de petróleo e gás natural, o conteúdo local não será objeto de exigência contratual.

A Oferta Permanente consiste na oferta contínua de campos devolvidos (ou em processo de devolução) e de blocos exploratórios ofertados em licitações anteriores e não arrematados ou devolvidos à Agência. O Primeiro Ciclo contará com 884 blocos exploratórios e 14 áreas com acumulações marginais, em 15 bacias sedimentares, somando 346.034,94 km². As inscrições tiveram início no dia 2 de maio, e o pré-edital e as minutas de contrato encontram-se em consulta pública até 28 de maio.

Clique aqui para ler as resoluções do CNPE na íntegra, no Diário Oficial da União.

Fonte: ANP

EXPANDIDA POR MAPA ENERGYWAY